Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Merlo

Merlo

Sex | 22.07.22

Conversas de almoço

Marco

Longo Imagem 07-22-2022 09.585.jpg

Esta semana estava a almoçar com os meus colegas, e estávamos na copa. Na copa estava lá outro grupo, e começam a falar de idade quem era a mais “velha” e “velho” da empresa naquele departamento. Eu comendo e ouvindo, porque ainda estou muito longe. Não ligo a isso idades e tento me dar bem com todos, mas para algumas pessoas parece que não.
- E só ouvia tu és a segunda mais “velha”.

- “Aí sim !?"

- "E o fulano W não é mais velho que tu?"

- "Não é um ano mais novo, ainda é um garoto."

- "E a fulana X não é mais velha?”"

- “Não! mas a mais nova é a fulana Y.”.

- "Pensei que era a fulana T."

- "A fulana Y não parece, está muito acabada."

E assim a senhora continuo a nomear nomes e a dizer que esta também está muito acabada.

Eu conheço a fulana Y, se lhe dou um pouco mais da idade que elas têm, sim dou, mas dizer que está acabada isso não, fica tão mal e é tão feio. Não conheço o suficiente nem sei quais são os seus problemas, o nosso nível de conversa é tipo “Olá, bom dia”, “Olá, está tudo bem?” e outras de trabalho, no entanto sempre foi simpática comigo.

Agora fiquei chocado com a senhora dizer que esta e a outra está acabada, porque achei tão feio. Já conheço esta senhora à alguns anos e sei que as coisas não batem lá muito bem para aqueles lados, e será que ela própria não está acabada?

Será que nós estamos acabados aos olhos dos outros? Ou que será estar acabado.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.